21 de ago de 2014

Reflexo

Poema construído coletivamente no facebook! Intitulei reflexo, porque cada um foi colocando seu reflexo sobre a construção anterior. Ficou bonito.

Reflexo
A lua parecia estar triste enquanto eu caminhava pela estrada escura,
e o meu pensamento estava em você, mesmo sem o meu querer,
Ilusões me levaram até você, mas novamente tu me fez sofrer.
A dor enregelava a alma, a dor de não saber quem mais o luar inebria.
Novamente tua presença precisava sentir, aquela presença que meu coração aquecia;
E no silêncio da noite eu andava, e o peito apertava sonhando em te ver.
E não sei bem a hora, cheguei a costa.
Escuro, só reconheci pelo brilho das ondas que batiam nas pedras.
Pois me encontrava ensurdecido pelos pensamentos que ressoavam incessantemente o teu nome.
E a dor era demasiada.
E eu sabendo que tudo na vida é assim, se ganho, tenho que perder, se escolho, outras possibilidade não vão acontecer...Oh ! Triste infeliz! Porque sofrer se há tanto por viver?
Com alma de guerreiro, com jeito de guri. Não sabia se era dia ou se a noite já me consumia.
Mesmo com sofrimento e dor dei uma chance à vida para outra vez ser feliz.

Douglas Ferreira dos Santos, Flávia dos Santos Mateus, Jhon Lenon Oxley, Luana Jacobsen, João Paulo Lima, André Christi, Roberta Gonçalves, Márcio Barreto, Jéferson Cristian e Aida Blas