31 de out de 2010

A essência de ser pejoteiro


Como é ser pejoteiro? No que devemos acreditar? Como devemos levar a vida? Qual deve ser nossa aparência? O que nos move? As respostas para essas perguntas vêm ao longo do tempo, quanto mais engajados na causa inicial que é anunciar Cristo vamo-nos “moldando” e aprendendo, vamos descobrindo novos sonhos, jeito diferente de viver, de ser comprometidos com a verdade, com a igreja, com a sociedade, afinal são os meios nos quais estamos inseridos.
 A cada passo dado a certeza de que o caminho a trilhar está sustentando nossas sandálias, que ora as correias estão limpas, bonitas de momentos alegres que pisamos, ora recebe o sangue que escorre do pé machucado que caminha sobre o ódio, incoerência, desigualdade, falta de respeito com os próprios irmãos.
Pejoteiro é aquele que tem uma vida em grupo? Participa de organizações que deveriam animar, mas causam morte, dor e sofrimento? Que usam estes espaços para status? Também, mas é pejoteiro aquele que também fica na retaguarda sempre pronto acudir quando necessário, seja na mão-de-obra, um conselho, uma fala sobre formação, afinal foste alguém com uma experiência impar, um jovem, e digo que até agora foi o único que eu conheci que conseguiu viver plenamente a vida religiosa, política e particular verdadeiramente conciliando-as sem que uma anulasse a outra.
 Foste um pejoteiro verdadeiro, um pejoteiro que não fez opção, mas um jovem que na sua fala e ações mostrava um carinho enorme por essa tal Pastoral da Juventude. Sei que nossa igreja em geral foi muito preconceituosa pela vida que levavas, não deu valor, mas com certeza para aqueles que você esteve próximo acabou conquistando, ganhando o coração, presente mais lindo que esse é impossível de se ganhar, pois é nele que fica registrado toda a nossa trajetória. Deste teu coração pra muita gente também, tenha certeza, onde você estiver, agora que realizaste a páscoa, que pra nós, da Pastoral da Juventude ter ganhado tua presença, teu sorriso é animo para seguir em frente, sempre tomando teu exemplo de vida para seguir, anunciando a Cristo, militando na sociedade, lutando pelos direitos para poder ser bastante feliz.
 Não só a PJ, mas também as CEBs, Pastoral da Criança, Setor da Juventude agradece tua presença, mesmo que tenha sido breve.
André um dia estaremos todos juntos, reunidos no reino de Deus.

Douglas Santos

24 de out de 2010

P. A.

O sol se banha no mar
a bola do jogo dos meninos escorrega suave pelo campo.
O vento toca o meu rosto
fazendo lembrar do teu corpo quente.
Nossos lábios se encontram perfeitamente
mesmo que seja na mais completa escuridão
em um quarto fechado
numa cama macia ao som de falsos versos falados.
Teu sorrido de lado me faz cair em tentação.
Me entrego por inteiro
louco por esse amor, de viver esse tesão.
Ao despertar com os sons abafados dos pássaros
noto que ao meu lado você não mais está.
Fuga? Sonho?
Não sei, prefira não ter mais que acordar.

Douglas Santos

2 de out de 2010

Cartaz da Campanha Nacional na novela Passione


Estava eu olhando a novela Passione da rede globo, quando de repente gelei, sim fiquei sem reação.
Na cena em que, Estela e Sinval vão ao IML fazer reconhecimento do corpo de Danilo que está desaparecido a 2 semanas e não dá noticias aparece o cartaz da Campanha Nacional contra violência e extermínio de jovens das Pastorais da Juventude.
Fiquei impressionado, pois o Danilo é usuário de drogas e esse problema social está atingindo muitos jovens na vida real, levando-os a morte.
Bem que a rede globo poderia dar enfoque nesta campanha, um monte de gente ficaria sabendo que lutamos pela vida e vamos contra a todo tipo de violência.
Inacreditável, as pastorais da juventude em todos os meios divulgando a campanha.

Para ver a cena onde aparece o cartaz Clique Aqui