24 de out de 2010

P. A.

O sol se banha no mar
a bola do jogo dos meninos escorrega suave pelo campo.
O vento toca o meu rosto
fazendo lembrar do teu corpo quente.
Nossos lábios se encontram perfeitamente
mesmo que seja na mais completa escuridão
em um quarto fechado
numa cama macia ao som de falsos versos falados.
Teu sorrido de lado me faz cair em tentação.
Me entrego por inteiro
louco por esse amor, de viver esse tesão.
Ao despertar com os sons abafados dos pássaros
noto que ao meu lado você não mais está.
Fuga? Sonho?
Não sei, prefira não ter mais que acordar.

Douglas Santos

1 comentários:

Vulcka disse...

Por que por vezes sonhar é mais emocionante que viver?

Postar um comentário