19 de jul de 2011

Na espera...

O vidro embaçado
meus olhos perdidos no horizonte
a noite prometendo ser fria
coração aflito, esperando no celular ver seu nome.

Beijos molhados
corpo quente
pele macia
olhos vibrados.

Vamos tentar de novo
nos permitir a felicidade
andar pelas ruas
conhecer, viver novos ares.

Vamos? Dê-me a mão
me abrace,  juntos um só somos
vamos caminhar juntos
sonhar novos sonhos.

No entrelaçar de nossas mãos
no encontro dos nossos olhares
a certeza de uma vida
feita de poesias e canções.

Deixa EU sentir o abraço TEU...

Douglas Santos

7 comentários:

Thais disse...

Voce é a alma mais pura que deus pode colocar
no meu caminho, lhe juro com todos os olhares de uma menina que ainda é inocente a frente desse mundo e que ainda sobre o mesmo deseja ser feliz, que nunca viu alguem taaao puro como seu coração..
Mais ainda que nunca viu uma pessoa tão doce, tão meigo e tão carinhoso como eu sei que es!
EU TE ADORO MEU AMOR <3

alexsander silva arguelo disse...

Lindo poema meu irmão da pra fazer uma bela melodia de amor!!!

ESTA DE PARABÉNS PEJOTEIRO COM CORAÇÃO LIMPO E LUTADOR!!!

alexsander silva arguelo

www.alexsanderpejoteiro.blogspot.com

Vulcka disse...

Eu sou tão indelicada para poesias... haushauhsu

Mas já é o teu segundo texto sobre recomeço... Iniciando do ponto final e sonhando novos sonhos.
Sucesso, então!



"Que a felicidade o guie, a paz viva no seu coração, e as estrelas zelem pelo seu caminho."

Marcel Lettnin disse...

Legal xD

Marcel Lettnin disse...

Tô, na verdade, c/ medo de comentar o q eu queria comentar, então... deixo no subentendido! :D

Leandra Franco disse...

e a Espera continua , por aquela que nunca ficou de vim '
RSRS
Parabééns Mano, Linda poesia!

Douglas disse...

pessoal, recebi e-mail e pessoas vieram falar comigo sobre a palavra "vibrados" que poderia estar errado. Não está, o sentindo é este mesmo. Obrigado pela preocupação do meu portuguẽs do qual sei que não é dos melhores. bjus e abraços a todos

Postar um comentário