28 de out de 2012

Habitual


O habitual pra nós
pode ser o diferente
mesmo que longe
nós dispomos a sonhar
em acordar juntos,
tomar café quente,
escolher o mesmo filme,
e chorar diante das tristezas
e sorrir quando a vida permitir.
O habitual nem é tão habitual assim,
é acontecimento!
Porque estando distante tudo se torna
intenso e passa ser vivido com essência.
Que o habitual real
seja o nosso também,
desde escolher a árvore do natal
ou o sabor do vinho
que nos acompanhará
em nossos eternos momentos de amor...

Douglas Ferreira dos Santos

2 comentários:

Zé vianna disse...

POIS MUITO LINDA , PARABENS PELO BELO TRAB ,

Anne Olive disse...

Simples e linda! Adorei! Viva, mais um poeta...!!!

Postar um comentário